22
ago

Igarapé de Manaus

 Postado por: Carlos Zamith em Ruas de Manaus

O conhecido Igarapé de Manaus, uma pequena artéria que se inicia na Avenida Sete de Setembro, lado esquerdo da primeira ponte, sentido centro/bairro, passou a ter a denominação oficial, a partir de 1970, de "Walter Rayol", mas para o povo o nome continuou "Igarapé de Manaus", nomenclatura de origem popular. Com o progresso e as invasões, ali foi construída, no passado. uma pequena favela com casas de madeira, depois todas reformadas em alvenaria e algumas de boa qualidade.

MUDANÇA

Até o dia 11 de outubro de 1912, permanecia o nome de "Igarapé de Manaus", pois no dia seguinte a Intendência Municipal aprovou um projeto de lei do Intendente Sérgio Rodrigues Pessoa, dando a denominação de “Rua Guerreiro Antony”.

O objetivo era o de homenagear o coronel Antônio Guerreiro Antony, amazonense, filho do comerciante Henrique Antony que nesta cidade viveu uma fase política muito conturbada por ocasião da candidatura do Dr. Jonathas Pedrosa ao Governo do Estado. Homem de compleição robusta, trabalhador, estudioso, embora sem formação acadêmica, Guerreiro Antony sofreu duramente quando sua residência foi bombardeada no primeiro dia do ano de 1916, por um grupo de oficiais da Polícia. (dados do ”Dicionário Amazonense de Biografias”, de Agnello Bittencourt).

O "Igarapé de Manaus" ficou como “Rua Guerreiro Antony” até a década de 70, mas sem o conhecimento da população, provavelmente nem do então Vereador Praxiteles Antony que tinha algum parentesco com Guerreiro Antony. E tanto é que numa das reuniões da Câmara, em 1970, ele apresentou um projeto de lei dando a denominação de Rua Walter Rayol citando: "ao conhecido Igarapé de Manaus", certamente por desconhecimento do nome oficial.

Era homenagem que prestava a um homem que teve quase toda a sua vida dedicada ao município de Manaus, como funcionário, como Vereador em várias legislaturas e Prefeito nomeado em sete oportunidades, além de cronista esportivo dos mais conceituados, usando o pseudônimo de Zé do Parque.

A mudança ficou apenas no papel. Nos mapas da Prefeitura, no seu cadastro de ruas permaneceram como "Igarapé de Manaus". Enquanto isso, o nome de Guerreiro Antony, por um Decreto de 1966, do então Prefeito Paulo Pinto Nery, já estava em uma das ruas do bairro de São Francisco, a ex-Rua Márcio de Menezes.

Como se observa em toda essa confusão, quando o Prefeito Paulo Nery trocou o nome da Rua Márcio de Menezes para Guerreiro Antony, também desconhecia a nomenclatura oficial do Igarapé de Manaus.

Com o advento da Lei nº 343/96, elaborada sem muito cuidado, voltou a denominação antiga de Igarapé de Manaus e Guerreiro Antony desde 2002 é no bairro Mauazinho.

Related Posts with Thumbnails

Tags:

Esta matéria foi publicada, domingo, 22 de agosto de 2010, às 0:48 e está guardada na categoria Ruas de Manaus. Participe do nosso RSS feed para ter futuros artigos entregues ao seu leitor de feeds. Se você gostou deste post ou não, por favor CONSIDERE escrever um comentário, ou trackback do seu próprio site.

17 comentários

CARLINHOS DO JAPIIM II
 1 

Igarape de Manaus, dali saiu o nosso querido LAURO GOIABA, para brilhar nos campos de Manaus, FAST, SUL AMERICA, OS NORMAIS, ERAMOS TODOS JOVENS, que tem sua sede neste local, grande LAURO, por onde andas.

seg, 23 de agosto de 2010, às 11:04
Ivens Lima
 2 

Querido Carlito Português: Já estou em Sao Paulo, desde julho; volto para Carolina do Norte, Durham, U.S.A. em principios de outubro, se Deus quizer. Tenho muito trabalho, pois 10 meses longe de casa, junta um bocado de coisas. Depois um as visitas aos medicos, etc. Mas, está tudo bem. Fico feliz quando leio o BAU. Que delicia de prosa, e quanta saudade quando vejo as fotos da nossa querida Manaus de ANTIGAMENTE. Fico feliz em saber que estás, firme e forte, graças
a Deus, ao lado do amigo Flaviano Limongi…

Muita novidades por aí? Já derrubaram o Vivaldão? Um abraço e fica tranquilo que andei rasgando umas paginas dum livro antigo que encontrei. Avisa o Limongi. Abraços mís… e até a volta. Ivens – Cinemascope do ar – Lima.

seg, 23 de agosto de 2010, às 20:55
jorge leite teixeira
 3 

querido amigo, gostaria muito que o sr
contasse a historia do ciclismo do amazonas
tenho um irmao que mora em sao paulo que
ele correu o ciclismo pelo america, talvez
final dos anos 50 e inicio de 60, ele tambem
correu em sao paulo pela portuguesa de despostos, desde ja grato e sucesso sempre

seg, 23 de agosto de 2010, às 21:37
Carlos Zamith
 4 

Jorge:
Infelizmene naa tenho sobre o ciclimo, pois me dediquei somente ao futebol e a histórias das ruas e Manaus. Descupa-me.

ter, 24 de agosto de 2010, às 10:23
Carlos Zamith
 5 

Estimado Ivens (Cinemascope do Ar).
O Vivaldão está sendo demolido. Vai devagar mas já está com boa parte no chão. O futebol local está sem palco para jogos.
Está servindo o do Rio Preto da Eva, mas não tem público. É uma tristeza para o nosso futeb. Obrigado pelas referências ao BAù.

ter, 24 de agosto de 2010, às 10:33
 6 

como ocoreu a poluição dos rios

sex, 10 de junho de 2011, às 14:55
Daniel Sales
 7 

Já que nossa cultura (e aí entra um universo de fatores) não deixou que usássemos nossos pequenos rios (igarapés) para servirem de vias de transportes, o destino da parte urbana de vários deles foi se transformar em esgotos a céu aberto.

qua, 27 de julho de 2011, às 10:39
 8 

QUERIDO AMIGO . EU GOSTARIA MUITO DE PODER VOLTAR A MORAR EM MANAUS OS MELHORES ANOS DA VIDA EU PASSEI MAS POR MOTIVOS PESSOAIS TIVE QUE DEICHAR ESSA LINDA CIDADE DE PESSOAIS BOS DE CORAÇAO MAS MUITO EM BREVE EU VOLTAREI AIR UM BEIJO NO SEU CORAÇAO.

dom, 31 de julho de 2011, às 16:14
Harlen Tôrres
 9 

Sr. Zamith fiquei triste quando fui procurar a tão gloriosa camisa do Nacional e não encontrei, que vergonha não ter uma camisa de um clube local para se adquirir, é por isso que o amazonense não conhece a sua cultura, ele mesmo não a valoriza, você encontra camisa do vasco, flameno…. mas de um clube local nem se quer existe.

seg, 01 de agosto de 2011, às 17:52
Lauro Cirilo de Oliveira Filho (Lauro Goiaba)
 10 

Um abraço Carlinhos!
Ainda que tardiamente,agradeço pela lembrança, continuamos em nossa querida Manaus, bricando nossas peladas e tomando nossa cerveja moderamente para não enferruja.

ter, 17 de janeiro de 2012, às 9:57
Lauro Cirilo de Oliveira Filho
 11 

Correção.
Digo moderadamente e não moderamente.

qua, 18 de janeiro de 2012, às 10:12
 12 

Seu Carlos, não sei se é possivel mas gostaria que o sr publicasse fotos antigas de manaus´bem como dos cinemas, balnearios, bares do centro de manaus, e tipos de carros antigos…desde já lhe agradeço muito.

dom, 15 de abril de 2012, às 8:03
MANOEL PARDO BRASILIA DF
 13 

gostaria de receber algum foto/historia do labor e, clube

sex, 08 de junho de 2012, às 9:56
MANOEL PARDO BRASILIA DF
 14 

vida longa carlos zamith

sex, 08 de junho de 2012, às 9:57
dario lleandro
 15 

ja imaginou juntar equipes que ja disputam campeonato amazonense com os 4 melhores colocados do peladao e mais 4 da copa dos bairros e fazerem somente um campeonato concerteza isso iria motiva manaus e ainda mais os clubes bairros em geral iriam lotar os campos de manaus para olhares seu times e jogadores locais

sex, 31 de agosto de 2012, às 16:44
ORLANDO FERREIRA DASILVA
 16 

GOSTARIA QUE VC COMENTACE UM POUCO DO CLUBE SÃO RAIMUNDO FUTEBOL CLUBE
MUITO BOM BAU VELHO CARLOS ZAMITH

qua, 05 de dezembro de 2012, às 13:34
andre taveira
 17 

gostaria de saber se existe algun igarapé em manaus com o nome de nazaré mais ou menos em 1985 ou se mudou de nome passando a se chamar com alguns nomes hj conhecido … desde ja agradeco

qua, 31 de julho de 2013, às 9:50

Deixe um comentário

Nome (*)
E-Mail (não será publicado) (*)
Site/Blog/Orkut/etc...
Escreva aqui seu comentário